Como Desenhar Linhas de Tendência

A tendência define o curso que as cotações de um ativo seguem ao longo de um período de tempo, seja de alta, de baixa ou lateral. As linhas de tendência são os mais importantes instrumentos da análise técnica, servem para indicar a direção mais provável em que os preços se desenvolverão. Permitindo assim, a entrada e a saída do mercado em níveis de preços mais favoráveis. Por outro lado, a sua quebra é uma indicação importante de uma possível reversão de tendência.

Uma tendência formada pela movimentação dos preços de um ativo possui sucessivos fundos e topos. As linhas de tendência devem ser traçadas no gráfico seguindo esses pontos. Deve-se procurar uma seqüência de topos ou fundos distintos, de forma que os pontos de referência não sejam muito próximos, e quanto mais pontos a linha passar melhor. O não rompimento desta linha de tendência pela linha dos preços confirma a continuação da tendência dos preços. O rompimento de uma linha de tendência é sinal de fraqueza na tendência dos preços e a probabilidade de reversão desta é alta.

A linha de tendência de suporte indica os níveis mínimos de preço que foram  atingidos numa tendência. A linha de resistência indica os níveis máximos. Logo, ao serem traçadas essas linhas de tendência espera-se que os preços de mantenham dentro dos limites estabelecidos por elas. Quando a linha do preço cai atingindo uma linha de suporte e volta a subir, dizemos que o suporte foi confirmado. Quando sobe e atinge uma linha de resistência e volta a cair, dizemos que a resistência foi confirmada.

“A estratégia sem tática é o caminho mais lento para a vitória. Tática sem estratégia é o ruído antes da derrota”.

Sun Tzu

Além disso, as linhas de tendência podem ser utilizadas para fazer uma projeção futura dos preços e dos pontos de suporte e de resistência. Avalia-se a importância de uma linha de tendência através da análise de 4 fatores: sua periodicidade, seu comprimento, o número de vezes em que foi tocada pelos preços e sua inclinação.

• Quanto maior a periodicidade, mais significativa será a linha. Uma linha de tendência num gráfico semanal revela uma tendência mais importante do que uma linha de tendência num gráfico diário.

Quanto mais tempo uma linha de tendência se mantiver sem ser rompida, maior será a sua força. E quanto mais extensa for, mais significativo será seu rompimento.

Quanto mais vezes ela for confirmada pela linha dos preços, maior será sua força.

A linha de tendência não pode ser muito íngreme. Uma inclinação acentuada exige do gráfico um desenvolvimento muito acelerado que ele não poderá manter por um longo período de tempo, tornando o seu corte pelos preços fácil e rápido, sem que isto signifique mudança de tendência.

Não há inclinação padrão ou limite preestabelecido, sendo subjetiva sua interpretação. Linhas de tendência devem ser retraçadas todas as vezes que se considerar necessário realizar correções, atendendo inclusive às considerações acima.

“Quando a gente acha que sabe todas as respostas, vem a vida e muda todas as perguntas”.

Veríssimo

Além de artigos retratando os principais fatores emocionais e psicológicos que influenciam o comportamento do mercado e do investidor o site MercadoReal disponibiliza também conteúdos que abrangem a análise técnica e fundamentalista para investimento no mercado de capitais, assim como as diversas estratégias de investimento em renda fixa e variável, tais como o mercado a termo, aluguel de ações, mercado futuro e de opções.

Adquira já por R$ 19,50 todo o CONTEÚDO EXCLUSIVO dos módulos de Análise Técnica, Estratégias de Investimentos e o NOVO módulo de Análise Fundamentalista no Ebook Capital e Valor nos formatos Kindle, PDF e EpubClique aqui para maiores informações!