Como é Feita a Negociação no Mercado?

O Home Broker é a ferramenta de negociação on-line que permite que você negocie seus ativos pela internet na BMF&Bovespa. Além da praticidade e rapidez nas negociações, o Home Broker oferece outras vantagens:

  • Agilidade no cadastramento e no trâmite de documentos.
  • Acompanhamento de sua carteira de ações.
  • Acesso às cotações podendo oferecer também notícias e análises sobre o mercado.
  • Envio de ordens imediatas de compra e de venda de ativos.
  • Recebimento da confirmação de ordens executadas.

O que é o Pregão?

As negociações ocorrem no pregão, local em que se reúnem os corretores para cumprir as ordens de compra e de venda enviadas pelos seus clientes. Nos últimos anos o local físico de negociação tem perdido cada vez mais espaço para o pregão eletrônico, em que as ordens são enviadas pela corretora por meio de um sistema informatizado, conectando as Bolsas e as corretoras remotamente. Esse pregão ocorre diariamente das 10 às 17 horas e, durante o horário de verão, das 11 às 18 horas.

  • Leilão de pré-abertura: 09:45h – 10:00h – Registro de ofertas para formação do preço de abertura do ativo.
  • Pregão regular com negociação contínua das 10:00h às 17:00h
  • Leilão de fechamento: 16:55 – 17:00h – Registro de ofertas para a formação do preço de fechamento do ativo.

O investidor também pode realizar operações diretamente com um corretor via mesa de operações, seja pessoalmente ou por telefone. Normalmente as corretoras cobram taxas de corretagem percentuais para esse tipo de serviço e determinados tipos de operações somente podem ser realizadas via mesa de operações, tais como mercado a termo, aluguel de ações e algumas estratégias com opções.

“Mais importante que os preços é o timing”

O pregão de viva voz é o sistema em que as operações são executadas por operadores de Pregão, que são funcionários representantes das corretoras de valores. São pessoas físicas detentoras de título patrimonial de operador especial e que estão habilitadas a atuar nos pregões executando ordens em seu próprio nome ou contratadas por uma corretora em postos de negociação predeterminados para cada ativo ou mercadoria.

Durante o pregão eletrônico, os participantes enviam ordens de compra das ações por intermédio das corretoras de valores. Essas ordens são organizadas pelo sistema eletrônico da Bolsa e colocadas em um livro de ofertas, onde essas ofertas são ordenadas seguindo dois critérios: valor ofertado e horário da oferta. O sistema tem como objetivo facilitar a formação dos preços da maneira mais organizada, rápida e transparente. O livro de ofertas nada mais é do que o leilão em tempo real do ativo.

O After-Market oferece a sessão noturna de negociação eletrônica. Além de atender aos profissionais do mercado, este mecanismo também é interessante para os pequenos e médios investidores, pois permite que enviem ordens por meio da Internet também no período noturno. É um Horário estendido do pregão eletrônico que passa a funcionar após as 17:45h até às 19:00h. Esse horário pode variar em função do horário de verão

A totalidade de ordens enviadas tem um limite de R$ 900.000,00 por investidor para o período After-Market e os preços das ordens enviadas nesse período não poderão exceder à variação máxima positiva ou negativa de 2% em relação ao preço de fechamento do pregão diurno. Somente ativos que tiveram negociação no horário regular podem ser negociados no after e não é possível operar opções.

Como é feita a liquidação das operações?

No mercado a vista, vigora o seguinte fluxo de liquidação:

  • D+0 – dia da operação;
  • D+1 – prazo para os intermediários financeiros (corretoras) especificarem as operações por eles executadas junto à bolsa;
  • D+2 – entrega e bloqueio dos títulos para liquidação física da operação, caso ainda não estejam na custódia da CBLC.
  • D+3 – liquidação física e financeira da operação.

Considera-se “D+0” como sendo o dia da realização da operação no Pregão ou no Sistema Eletrônico. Assim a Corretora Vendedora terá até o dia “D+2” para a entrega das ações (liquidação física) e a Corretora Compradora terá até o dia “D+3” para pagar a operação (liquidação financeira).

Mercado                          Dias para liquidação financeira

À Vista                             D+3
A Termo                           D+n, n = dia do vencimento
Opções                            D+1
Futuro                              D+1

“Os principais inimigos de um especulador estão em sua própria mente: medo e esperança, pânico e euforia”.

Jesse Livermore